OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS

sábado, 17 de janeiro de 2009


Lula e sua republiqueta 
Aquele Brasil conhecido pelo coronelismo está de volta. Era uma época onde pequenos ditadores dominavam regiões inteiras impondo suas vontades, suas ambições e interesses pessoais, ignorando leis, matando quando necessário, destruindo famílias e cometendo todos os tipos de abusos imagináveis. O coronel oferecia emprego que se transformava em trabalho escravo. As famílias recebiam pouco pelo seu trabalho, e eram obrigadas a se endividarem com o coronel e isso os mantinham sob o controle. Tudo está da mesma forma. A única diferença é que agora o coronel virou ditador. O coronel de hoje é de esquerda e tomou o estado brasileiro. 
O estado brasileiro hoje, nada mais é do que uma republiqueta sul americana governada por um grupo de (ex) terroristas, que usam o nome da "democracia" para impor seus interesses pessoais, roubar o patrimônio público, desviar dinheiro para o seu patrimônio, transportá-lo em cuecas ou quem sabe no ânus, distribuí-los em ONGs que nada fazem, comprar poderes e corromper aquele que se manifestar. E se não pode corromper porque alguns ainda são íntegros, persegue. E isto faz parte da história do Brasil. 
Se Hitler tivesse escolhido o Brasil para dominar, teria sido mais fácil do que foi na Alemanha. O povo brasileiro é submisso, apático e não é capaz de perceber o que está acontecendo. Está na verdade acostumado com o coronelismo. E algumas situações cotidianas mostram isso. 
Quando você pergunta a um brasileiro sobre seu salário, ele responde: "Eu ganho...". Ganho? Você não ganha. Você trabalha e recebe pelo que fez. Ganhar não exige troca e é um termo bastante pejorativo quando usado neste contexto. Nos EUA eles dizem "Eu faço...." (I make money). Na Itália se diz "Mio stipendio...". São pequenas coisas que mostram a diferença cultural que existe nos países desenvolvidos, mas que não se encontram em republiquetas.
A religião é outro mal. No Brasil, se uma pessoa consegue algum objetivo pessoal ela diz: "Graças a Deus!". Se seu objetivo é frustrado, assume que é causa do livre arbítrio. Sempre tem de haver algo que justifique o sucesso, pois o fracasso já é de sua responsabilidade. O brasileiro não é capaz de entender que seu esforço é fruto de seu empenho pessoal e que merece ser valorizado. Tudo é pejorativo. 
Dominar um povo assim é fácil. E estamos vendo isso na prática. Dia a dia. Aceitam o bolsa família e dizem que é graças ao Lula. Ora, o dinheiro é fruto do suor de muitos brasileiros que trabalham e pagam impostos. Se Lula modernizasse as regiões pobres ao invés de doar dinheiro para Bolívia, Paraguai e Venezuela, não seria necessário o bolsa família. Mas o coronelismo ou ditadura não sobrevive em países onde a cultura e a capacidade de sobrevivência são autônomas. 
Sem cultura e sem capacidade de sobreviver por falta de desenvolvimento das regiões onde habitam, são merecedores de esmola. Por isso, as cotas raciais estão em pauta. Incapazes, precisam de esmola para sobreviver às omissões do estado. Não compreendem que a educação, trabalho, saúde e segurança pública são direitos fundamentais e que estão lhe sendo negados. Mas se quiserem usufruir destes direitos, que façam um passeio pelo metrô de Caracas pois lá está o seu dinheiro.
O BNDES financiou o metrô de Caracas, mas não é capaz de financiar obras no Nordeste para conter a seca.
O estado brasileiro quer transformar o FUNK, cujas letras falam de vulgaridades e imoralidaes em cultura brasileira. 
Os brasileiros que percebem isso, acreditam que estão imunes. Imaginam que vivem em democracia e em liberdade, enquanto a impunidade generalizada se impõe. Neste faz de conta, 50 mil brasileiros são assassinados todos os anos, sem que o estado tome qualquer providência. 40 mil crianças desaparecem todos os anos sem deixar vestígios e não existe hoje nenhuma ONG preocupada com os números acima. As ONGs que nadam de braçadas em nosso dinheiro, estão preocupadas com os "direitos humanos" daqueles que tiraram a vida de brasileiros honestos.
Neste momento, uma ONG está lutando na OEA para que o MST seja indenizado, pois durante uma investigação, a polícia teria grampeado ilegalmente os líderes deste movimento. Também há pouco tempo, o MST ofereceu um grupo de guerrilheiros ao Paraguai para ajudar a expulsar brasileiros de suas terras. Mas isso, nenhuma ONG quer intervir. O estado brasileiro está a deriva. Não há mais leis, só há a impunidade. 
Mas parece que ao ditador Lula, a impunidade brasileira que ele tem tamanho zêlo, não basta. O estado brasileiro decidiu importar bandidos para dar a eles a impunidade. 
O Ministro da Justiça foi terrorista. A Ministra Chefe da Casa Civil também. Diversos outros integrantes do governo, assumem, pegaram em armas e isto significa dizer que certamente mataram algumas pessoas. Não posso aceitar a idéia de que pegar em armas significa apenas que uma pessoa foi revolucionária da paz. Aquele que pega armas, pega para atirar, e ao contrário do que querem que eu acredito, não é para atirar para o céu. É para atirar em alguém.
O governo brasileiro hoje é reduto de terroristas, guerrilheiros e assassinos que usaram a democracia como bandeira de seus interesses pessoais. E isto está cada dia mais evidente. Nunca foi tão forte e verdadeiro a frase "os fins justificam os meios". Vale tudo para que os objetivos destes quadrilheiros sejam alcançados. E estes objetivos estão mais próximos a cada dia. Muito mais próximo do que muitos brasileiros possam imaginar. E os que imaginam, acham que estão imunes.
Vale lembrar que, a exemplo de Cuba, nenhum país pode ter vários ditadores. Ele é único, e o resto é obrigado a viver como ele determinar. Hoje a vida para alguns pode estar uma maravilha, mas isso tem data para acabar. E eles, nem imaginam. Se imaginam, acham que estão imunes.

Fonte do artigo: http://ppavesi.blogspot.com

1 Comment:

Clausewitz said...

Oi, caro amigo. Espero que este comentário o encontre bem e com saúde. Tem um singelo prêmio lá para você e gostaria de entregá-lo pessoalmente. Grande e fraterno abraço

 
Wordpress Themes is powered by WordPress. Theme designed by Web Hosting Geeks and Top WordPress Themes.
por Templates Novo Blogger